domingo, 23 de fevereiro de 2014

olá 2014!

" ...parece sempre necessário começar do zero, observar, compreender e reinventar novas soluções." Marcelo Ferraz




Então... olha nós aqui outra vez, como uma fênix remixada, renascendo das cinzas a cada primavera que se completa. E me parece, que zerar, passou a ser rotina, hábito de vida, a condição de se manter constante, por mais antagônico que possa parecer. Enfim, olha eu aqui outra vez, depois de uma leve e fugaz passagem durante o ano passado, retorno, com todos aqueles meus clichês de vida recém lançada.

Ano novo, que já não é tanto assim, chegou com tudo sem dar muito espaço pra saudade. Quinta-feira, 20,fiz 4 anos de formada. O tempo está passando depressa, e como não poderia deixar de ser, aquela minha velha conhecida avaliação de vida me levou a conclusão de que não consigo evoluir muito além dessa avaliação natural. Percebi também que já não me cobro com a mesma neura de outrora. Me acostumei, ou então entendi, ou aceitei, que esta sou eu, com todos os recomeços, com todas as minhas já conhecidas incertezas, enfim, isso aí...

Mas, pra quê todo este discurso afinal? Simples, pra avisar que estou viva! Mais, que estou de volta, que "sou brasileira e não desisto nunca", e que vou tentar levar isso aqui adiante, mais uma vez... muito mais certa de não conseguir, mas enfim, tentando de novo, não custa nada, o máximo que pode acontecer, seja talvez dar certo... e vamos que vamos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário