sábado, 23 de agosto de 2008

Amar e pensar

(imagem do Hotel Zank Boutique de Judith Pottecher)


Hoje postarei sobre meus devaneios depois de dois dias de Fonarc...



"...muitas reflexões sobre arquitetura, sobre postura de vida, sobre o luxo... enfim, sobre a existência do arquiteto... amar e pensar... muito profundo isso... demais mesmo... na verdade talvez eu até estivesse me privando disso... da profundidade da arquitetura... (...) ...eu gosto da arquitetura... gosto dos estímulos que ela provoca, gosto da riqueza de cores, volumes, texturas, imagens... gosto da fenomenologia.
Gosto da arquitetura que emociona... que me faz ficar acordada até um pouco mais tarde por causa dela... sou apaixonada sim pela arquitetura... pela boa arquitetura, pela arquitetura de qualidade, como disse alguém que não lembro, mas a Judith citou, 'arquitetura internacional, não a globalizada'. A arquitetura não é só estética, mas um estilo de vida... qual o meu estilo de vida? Que arquiteta eu quero ser? Que tipo de arquitetura eu quero fazer? ... pensar mi... e amar também."